O locatário pode impedir que o inquilino tenha animal doméstico?

Há uma série de benefícios em ter um animal de estimação em casa. Eles podem ajudá-lo a aliviar o estresse, reduzir a ansiedade e melhorar sua saúde mental.

Os bichinhos também são ótimos para as crianças, pois proporcionam amor e carinho incondicionais. Há também o fato de que eles podem te fazer companhia e fazer você se sentir menos solitário.

Sendo assim, é natural que os tutores de animais de estimação queiram manter seus companheiros com eles quando se mudam para uma nova casa. Mas em alguns lugares, isso pode ser um problema, pois nem todo imóvel é pet friendly.

Então, se você estiver alugando um apartamento ou casa, o locatário pode impedir que o inquilino tenha animal doméstico?

Reunimos neste post o que você precisa saber sobre seus direitos como inquilino quando se trata de ter um pet.

Tenho pet e aluguei um imóvel: o locatário pode impedir que o inquilino tenha animal doméstico?

A resposta é que depende do contrato que você assinou quando alugou o local. Se não houver menção de animais de estimação na locação, você, como inquilino, tem o direito de manter um animal.

No entanto, se houver menção de animais de estimação no contrato, você precisará verificar o que exatamente está mencionado. Por exemplo, alguns acordos podem estipular que apenas certos tipos ou tamanhos de pets são permitidos.

Mas, se tiver uma cláusula específica proibindo, então sim, o locatário pode impedir que o inquilino tenha animal doméstico.

Neste caso o que importa é o que foi acordado entre você e o proprietário quando você alugou o local. Portanto, é sempre melhor ser franco sobre sua intenção de manter um animal doméstico ao negociar o aluguel.

Uma conversa aberta e honesta desde o início pode evitar mal-entendidos ou frustrações posteriores.

Para os proprietários, é importante informar no anúncio de disponibilidade do imóvel que animais de estimação não são permitidos, para evitar problemas na hora de encontrar inquilinos.

Pode ser útil: Aluguel Pet Friendly, como escolher o imóvel certo?

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando nossas postagens para se manter sempre informado sobre o mercado imobiliário!